21/12/2018 - 11:49
Universidade entrega prensa para cooperativa de reciclagem de Canoas

A coleta seletiva no município de Canoas acaba de ganhar um importante reforço. Uma nova prensa foi entregue nesta terça-feira, dia 18/12, à Cooperativa de reciclagem de resíduos urbanos pós-consumo (Coopcamate). A doação feita pela Incubadora de Empreendimentos Solidários da Universidade La Salle foi possível devido ao edital aprovado do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Na ocasião, representantes da cooperativa, da Universidade e da Prefeitura de Canoas estiveram presentes e fizeram questão de destacar a importância da parceria que transformou a realidade da cooperativa e seus cooperados e que reflete cada vez mais na comunidade local. “A Coopcamate renasceu das cinzas através da parceria com a incubadora da Universidade La Salle. E pra gente a entrega dessa prensa é um momento histórico, pois, automaticamente, ela vai facilitar o trabalho, aumentar a renda dos cooperados e contribuir pra coleta seletiva da cidade de Canoas”, destacou o Presidente da Coopcamate, Flávio Roberto Aguiar da Silva. 

Flávio explica que o equipamento agregará valor ao trabalho realizado pois, a partir dele, os cooperados entregarão fardos e não mais bags e que o volume mensal deve passar de 76 toneladas para 110. A Coordenadora da Incubadora a Prof. Dra. Maria de Lourdes Borges complementa como funciona a produção: “Os materiais recicláveis que a população doa para os caminhões da Coleta Seletiva, chegam na cooperativa, são separados manualmente pelos cooperados e colocados em grandes bags. Eles são separados por tipo, por exemplo plásticos, garrafas pet e papel. Depois disso, eles são colocados na prensa, onde são transformados em fardos para ficarem prontos para a venda. Os fardos melhoram consideravelmente o preço dos produtos em comparação com a venda em bags pelo menor custo de transporte e volume nos depósitos”.

De acordo com a cooperada Katarina Moais, a entrega é muito bem vista. “Estamos vendo essa entrega como algo muito positivo, pois vai melhorar nossa produção e nosso bem-estar no trabalho”. Ela também destaca a importância da conscientização da população para que o projeto dê certo. “Cada vez as pessoas estão separando melhor o lixo, fazendo com que chegue um material melhor aqui pro nosso trabalho. Isso não só melhora a nossa produção, como gera renda e nos ajuda a salvar o nosso planeta”.

A Coopcamate tem 32 anos de história e desde 2009 é incubada pela Incubadora de Empreendimentos Solidários da Universidade La Salle. Segundo a doutoranda em Memória Social e Bens Culturais , Rita de Cássia Brochier, a entrega da prensa representa um avanço no trabalho da coleta seletiva de Canoas e também um momento muito importante para a cooperativa que passa por um processo de desincubação. Rita acompanhou de perto a evolução da cooperativa que já esteve prestes a fechar e se emocionou ao lembrar os momentos de dificuldade e o quanto pode contribuir para a melhoria do local e da vida das pessoas. “Já passamos por várias etapas aqui, a Coopcamate fez parte do meu mestrado e hoje do meu doutorado pelo olhar da gestão, mas hoje podemos dizer que já caminham com as suas próprias pernas”.

Existem três etapas de desenvolvimento na tecnologia social de incubação de empreendimentos solidários, segundo a Prof. Maria de Lourdes: a pré-incubação, a incubação e pós-incubação. Na pré-incubação as cooperativas são formalizadas, organizadas e inicia-se uma gestão. Na incubação, ela está aprendendo e em fase de aprimoramento da gestão, enquanto na pós-incubação ela, normalmente, já anda com as próprias pernas e está liberada de uma assessoria externa.

 


Confira a galeria de fotos e vídeos
Buscar
Seção
Área
Período
A partir de
até
Voltar