Cursos conectados com as demandas do mercado

Conselho Estratégico reúne representantes de entidades e governo

Se pensar diferente faz a diferença, sempre é tempo de reunir ideias e trabalhar no que pode realmente fazer a diferença na formação das pessoas. Essa é a missão do Conselho Estratégico da La Salle Business School, presidido pelo Reitor e composto por representantes da Universidade La Salle, de Entidades de Classe, Associações, Sociedades, Instituições Públicas e Privadas. 

“Estamos inaugurando um novo momento, com representantes de todos os segmentos, nos aproximando cada vez mais do conceito de Universidade que queremos ser”, declarou o Reitor Prof. Dr. Paulo Fossatti, fsc, na abertura da Reunião do Conselho Estratégico da Business School da Universidade La Salle. O momento aconteceu na manhã dessa quarta-feira (12/06), reunindo Reitoria, Diretorias e representantes de associações, sociedades, instituições públicas e privadas que compõem o Conselho.

A reunião tratou de assuntos pertinentes aos objetivos de fomento do desenvolvimento local em diferentes aspectos, por meio da formação humana e inovadora oferecida pela Business School. “A sociedade do séc. XXI está cansada de teorias. Hoje, o conhecimento está pautado na experiência: aquilo que transforma, forma elos e gera valor tangível e principalmente intangível. É nisso que a nossa prática institucional está apoiada”, completou o Reitor.

“Nossa escola de negócios iniciou em 2011. De lá para cá, além de batermos recordes de alunos, também evoluímos em muitos aspectos como corpo docente, projetos, propostas e Conselho. A contribuição de você colabora diretamente com afetividade do nosso trabalho para a comunidade. Somos desafiados a nos reinventar constantemente e os alunos sentem essa articulação”, pontuou o Prof. Me. Márcio Michel, Diretor de Extensão e Pós-graduação Lato Sensu da Universidade.

Também fizeram falas institucionais o Vice-Reitor e Pró-Reitor de Graduação e de Pós-graduação, Pesquisa e Extensão, Prof. Dr. Cledes Casagrande, fsc, e o Coordenador Acadêmico de Pós-graduação Lato Sensu, Prof. Cássio Cassel.


Inteligência Emocional

O encontro também contou com um momento formativo sobre Inteligência Emocional, ministrado pela Profª Alessandra Gonzaga. “A emoção impacta em todos os processos cognitivos. Precisamos desenvolver as competências que, primeiro, nos conectam a nós mesmos. Depois, que nos conectam com outras pessoas. Daqui a poucos anos, as máquinas já serão capazes de tomar decisões complexas. A nossa inteligência emocional trata do relacionamento entre as pessoas, com aquilo que é essencialmente humano”, explicou.



O que te conecta com a Universidade La Salle?

A missão do Conselho Estratégico é analisar e refletir sobre os diversos cenários relacionados com o mundo dos negócios, desenvolver projetos e parcerias conjuntamente, bem como apreciar e propor atividades relacionadas aos objetivos da La Salle business School.


Nesse sentido, todos os presentes foram convidados a falar sobre a sua participação no grupo e como veem a educação continuada, corporativa e engajada. Confira alguns depoimentos:


Mauro Mabilde (ADVB/RS)

“Eu acompanhei a evolução da Business School. Tenho orgulho em poder participar do Conselho e ver que tudo acontece de forma muito coerente. Na ADVB temos, e acho que serve de conceito para provocar todas as instituições, a questão de cruzamento de competências técnicas e emocionais. Isso é fundamental porque o mercado exige isso, esse novo profissional que está entrando no mercado de trabalho e volta para a Business para se qualificar, ele não está preocupado em competências técnicas isoladas, como a gente imaginada há 10 anos. Esse cruzamento, eu acho, já é vivido aqui e pode ser explorado cada dia mais. Quero agradecer pela oportunidade de estar aqui, reafirmar nosso desejo de continuar contribuindo e dizer que estamos honrados em fazer parte desse movimento”.


Crismeri Corrêa (ABRH/RS)

“Gostei de tudo o que escutei na formação e nas contribuições dos conselheiros. Como é bom quando recebemos conteúdos que fazem sentido para a nossa trajetória! É muito importante ter uma cadeira nesse espaço com a ABRH e estar ao lado da Universidade. Quando eu escuto falar sobre experiência, conhecimento, inteligência emocional, isso faz muita conexão comigo. Eu acredito que a universidade deva ser o berço de todas as experiências que o profissional possa ter. Não lembro onde que aprendi sobre crase e álgebra, mas guardei onde vivi histórias importantes e valores. O intelectual nos dá uma base conceitual, que reforça o que a gente percebe. Penso que universidade possa ser um campo de experiências memoráveis que possam ser aplicadas na família, no trabalho, na resolução de problema, em todas as ações, porque isso está dentro do indivíduo. Na vida real, não importa quando você sabe: importa o quanto você consegue transmitir o seu conhecimento. Acredito que estamos no caminho certo, porque estamos oferecendo muitas oportunidades de qualidade aos alunos”.


Isabel Doval (SBDG)

“Me senti muito feliz com o que eu ouvi. Há dois anos começamos a tecer essa parceria entre a SBDG com a Universidade, com muito cuidado e esmero, então escutar as falas sobre os projetos, resultados e percepções me deixou muito feliz. A mudança não acontece, a inovação não acontece se não for a partir de experiências e acontecimentos que sejam significativos. Vivemos um momento em que quase 1/4 da população brasileira está desempregada e as pessoas não querem investir. É justamente num momento de crise que se investe porque precisa se construir alternativas para poder transformar situações. Nessa visão que o coletivo faz uma diferença incomparável e que as competências se complementam, esse encontro nos tornou muito mais potentes para lidar com toda essa complexidade e desafios. Então, eu espero realmente que outros encontros como o de hoje possam acontecer e que possam ser tão produtivos e significativos quanto esse”.


Confira a cobertura fotográfica completa no álbum da Universidade no Flickr.

Faça sua inscrição
logo-lasalle-shield