20/12/2018 - 16:15
Universidade La Salle prevê que projetos em empresas, ONGs, Satartups e produtos/patentes também são validadores para conclusão da graduação

O Trabalho de Conclusão de Curso é conhecido por muitos como um vilão no final da faculdade. Nem todos os alunos despertam interesse para a produção de artigos científicos, num mundo onde a prática das profissões é cada vez mais valorizada. Atenta a esse cenário, a Universidade La Salle validou já para esse semestre uma nova política de TCCs. Ela prevê que também podem ser validadores para conclusão da graduação as ideias abaixo: 

- Projeto de pesquisa solicitado por empresa, organizações governamentais e não governamentais e entidades comunitárias

- Projeto de criação de startup em área do conhecimento relacionada ao curso

- Projeto de desenvolvimento de produto e/ou patente em área do conhecimento relacionada ao curso

Os primeiros trabalhos nesse formato já estão em desenvolvimento e foram apresentados nesse semestre. É o caso do aluno de Engenharia de Computação, Bruno Fagundes. Ele criou para o trabalho de conclusão de curso um sistema que permite ao dono de uma casa controlar o controle remoto da TV, TV a cabo e ar-condicionado a distância. O objetivo é auxiliar pessoas idosas ou crianças que precisem ficar sozinhos. A ideia está em processo de patente e, mesmo não sendo preciso, além do projeto Bruno apresentou também um artigo científico como complemento ao trabalho. “Quando você faz a parte prática fica muito mais fácil escrever, porque foi tu que desenvolveu o produto. Essa mudança nas exigências é muito legal especialmente porque a maioria dos colegas da área está pensando na prática da profissão”, explica Bruno. O orientador do projeto, Prof. Me. Alexandre Andreoli, acredita que as novas opções de TCC podem incentivar inclusive uma formação mais empreendedora: “Ele pode perceber que tem uma capacidade de patentear algo novo e empreender com isso. Seja empreender onde trabalha como empreender com o próprio negócio”, avalia.

 

A Universidade não termina no TCC

Um dos objetivos da mudança é atender ao perfil dos alunos, muitos já têm uma relação com o mercado de trabalho e poderão propor soluções para as empresas onde atuam através do TCC. “Nos aproximamos do mercado de trabalho e das empresas, estou atendendo demanda de uma empresa ou comunidade local, estou trabalhando com aquilo que filosofia lassalista diz de inovação que resolva questões da comunidade”, avalia o Reitor da Universidade La Salle, Prof. Dr. Paulo Fossatti. Outra proposta é diminuir a sensação de que a graduação termina com a apresentação do trabalho de conclusão de curso: “Queremos mudar a mentalidade para que os alunos não percebam o TCC como momento de fechamento, mas sim de surgimento de uma carreira relevante e de um projeto que tenha significado na vida de alguém”, explica o Pró-reitor de Graduação da Universidade La Salle, Prof. Me. Miguel do Nascimento Costa.

 


Buscar
Seção
Área
Período
A partir de
até
Voltar