15/04/2018 - 16:35
Arroz santo marca a Páscoa de funcionários da CEG

“O próprio Jesus preanunciara a sua morte e ressurreição com a imagem do grão de trigo. Dizia: ‘Se o grão de trigo, lançado à terra, não morrer, fica ele só; mas, se morrer, dá muito fruto’ (Jó 12, 24). Foi isto mesmo que aconteceu: Jesus, o grão de trigo semeado por Deus nos sulcos da terra, morreu vítima do pecado do mundo, permaneceu dois dias no sepulcro; mas, naquela sua morte, estava contida toda a força do amor de Deus, que se desencadeou e manifestou ao terceiro dia, aquele que celebramos hoje: a Páscoa de Cristo Senhor”. Essa foi a mensagem deixada pelo Papa Francisco para todos os cristãos na Páscoa deste ano.

A importância da data fez os jovens do projeto Energia do Sabor irem até a Gas Natal Fenosa – CEG, patrocinadora da iniciativa, oferecer um almoço de Páscoa digno de mestre-cuca. O prato principal? Arroz santo, feito pelos alunos com o auxílio dos chefs Cris Gonzalez e Vicente Maia.

 

A refeição foi preparada com bacalhau, palmito, ervilhas frescas, azeitonas pretas, tomates assados, arroz de açafrão. Tudo cozido no vinho branco; para completar fonduta de queijo (espécie de molho especial feito com um, dois ou mais tipos de queijo), e palha de batata doce. Para a sobremesa, os jovens elaboraram um cupcake de cenoura com cobertura de chocolate.

Preparar um prato para 300 pessoas tem os seus desafios, mas os futuros cozinheiros estão acostumados, já que não é a primeira experiência deles à frente de um evento desse porte. Robson Souza, aluno do projeto, que o diga: “Hoje estamos bem tranquilos. Como não é a nossa estreia, fica mais fácil, estamos mais equilibrados porque trazemos a comida pré-preparada, as equipes já estão bem montadas e cada um tem suas técnicas e suas qualidades”. Em entrevista ao site do Unilasalle-RJ, Souza conta como começou seu interesse pela culinária. “Eu trabalhava na obra de um restaurante, e o rapaz que ia entrar para o cargo de saladeiro, desistiu. O dono do restaurante me perguntou se eu não queria, que assinaria minha carteira, e aí aceitei. Eu tinha 17 anos, comecei na copa e na faxina, e em menos de um mês já era saladeiro. Depois, fui chamado para auxiliar de cozinha e fui até o cargo de gerência”, relata. O resultado, o jovem de 22 anos vem colhendo ao longo do curso já que, hoje, trabalha em uma hamburgueria artesanal.

Marina Carvalho, de 19 anos, que faz parte da mesma turma de Souza, contou o quanto desejava estar no projeto Energia do Sabor: “De uns anos para cá, comecei a pensar na gastronomia como uma profissão. Eu fazia trufas e biscoitos para vender. Uma prima minha viu no Facebook que teriam inscrições para o projeto, me mandou, e falou que faltavam dois dias para acabar a inscrição”.

Marina relatou ainda, que já não tinha chance de passar na entrevista com os chefs Vicente Maia e Cris Gonzalez. “Quando eu vi que tinham 140 pessoas concorrendo às vagas, eu praticamente perdi as esperanças. Mas eu já tinha falado com Deus que eu só ia passar para esse curso se fosse da vontade d’Ele”, disse ela, que está ansiosa pelo módulo de massas, já que seu pai trabalha com pizzas. “Quero aprender para ajudar meu pai a se aprimorar nas vendas”, conta a jovem.

 

O projeto Energia do Sabor têm mudado vidas de jovens como Marina e Robson, e é isso que faz com que os funcionários da CEG tenham ainda mais empatia com a empresa onde trabalham. Foi o que relatou Ana Lúcia dos Santos Camargo, que trabalha na Diretoria de Operações da empresa: “Eu venho participando de todos os almoços e eles estão de parabéns. Sentimos carinho no preparo, e na maneira em como eles recebem a gente. Vemos a alegria deles, e a comida é nota 10”, conta. O orgulho não vem só de Ana Lúcia, Kelly Alencar também relatou sua satisfação. “Eu acho esse projeto muito interessante, porque esse é um curso de custo elevado. Muitas crianças e adolescentes têm esse desejo, mas não têm condições de bancar e realizar. A parceria entre a CEG e o Unilasalle-RJ é válida para poder proporcionar esse sonho”, finalizou.

 

 

Por Camila Reis/ Revisão Luiza Gould

Fotos de Beatriz Siqueira

Ascom Unilasalle-RJ

 



Confira a galeria de fotos e vídeos
Voltar